O Observatório do Trabalho de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social – SEDESE em parceria com a Fundação João Pinheiro, desenvolveu uma Boletim Especial em comemoração ao Mês do Trabalhador.

O objetivo do estudo é verificar os impactos da pandemia nos grupos ocupacionais a partir das bases de dados supracitadas. De um lado, serão usados os dados da PnadC, que permitem construir um retrato de todo mercado de trabalho – formal e informal – , a despeito das dificuldades metodológicas resultantes das restrições a partir de março de 2021; de outro, a combinação dos dados da RAIS e do Novo Caged, que fornece informações de estoque e movimentação da força de trabalho ocupada no mercado formal, especificamente neste caso, dos intermitentes e aprendizes. O Sine complementa as análises do mercado formal, com as informações de demanda das empresas e o reencaminhamento da mão de obra.

Para acessar o boletim na íntegra, clique aqui