O Observatório do Trabalho de Minas Gerais em parceria com a Fundação João Pinheiro -FJP, elaborou uma análise do mercado de trabalho do Estado de Minas Gerais, através dos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED, e da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua – PnadC.

Os dados são referentes a: Julho 2021 (CAGED) e 2º Trimestre de 2021 (PnadC).

Principais resultados encontrados:

  • Estima-se 1,352 milhão de desocupados em Minas Gerais no 2º trimestre de 2021 (130 mil desocupados a menos que no trimestre anterior);
  • Foram criados 452 mil postos de trabalho, especialmente nas ocupações:
    • Alojamento e Alimentação;
    • Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura;
    • Indústria;
  • Em julho de 2021, Minas Gerais registrou saldo positivo de 34.333 postos de trabalho e o estoque de emprego formal totalizou 4.367.567.

Para acessar o boletim na íntegra, clique aqui


Categorias: CAGEDPNAD